Perguntas Frequentes

As dúvidas mais comuns e suas respostas é aqui que você as encontra.

O aquecedor solar gera energia elétrica?

O aquecedor solar TERMOMAX é projetado para o aquecimento direto da água e não é capaz de gerar energia elétrica. A tecnologia que utiliza o Sol para gerar energia elétrica é conhecida com fotovoltaica.

É possível utilizar o aquecedor solar para aquecer a água da piscina?

A TERMOMAX possui os coletores solares para piscina TERMOGOLD, que foram projetados para atingir sua máxima eficiência em altas vazões de água e temperaturas pouco superiores à ambiente (26 °C ~ 32 °C), condição padrão para conforto em piscinas.

O sistema auxiliar elétrico de aquecimento é acionado a qualquer hora do dia quando não há insolação suficiente para aquecer a água?

Embora o sistema auxiliar elétrico seja automático, o mesmo deve estar sempre desligado e ser ligado somente quando necessário, para evitar que o seu acionamento ocorra em momentos desnecessários.

O que pode ocorrer em dias de geada e de temperaturas muito baixas? (válvula anticongelante)

Em regiões onde há ocorrência de geadas, a água que está dentro dos coletores pode congelar, provocando a quebra do equipamento. A TERMOMAX tem em sua linha de produtos a válvula anticongelante que suporta até 4°C fazendo com que seu coletor solar não tenha mais problemas.

Os vidros dos coletores do meu aquecedor solar estão sujos, o que devo fazer?

Para manter a eficiência dos coletores solares, é necessário limpar os vidros ao menos duas vezes ao ano. O ideal é lavá-los com água e sabão neutro, sempre no começo da manhã para evitar choque térmico e, consequentemente, a quebra do vidro.

Qual temperatura a água pode atingir com um sistema de Aquecimento Solar?

A temperatura obtida na água com o uso de um Aquecedor Solar dependerá de fatores diversos como: região, tecnologia empregada, tipo de aplicação, época do ano, condições climatológicas e características outras relacionadas às condições de instalação. Como exemplo, uma instalação residencial no estado de São Paulo em um dia pleno de Sol atingirá a temperatura de cerca de 50°C no inverno e 70°C no verão. Em todos os casos, a temperatura produzida normalmente estará acima da temperatura necessária para uso, sendo, portanto, necessária sua mistura com a água fria.

É possível instalar mais coletores solares além da quantidade indicada? A água aqueceria mais?

Sim, desde que haja espaço disponível no telhado para a instalação desejada. A instalação de mais coletores, além do padrão indicado, possibilitará uma maior velocidade de Aquecimento e, consequentemente, poderá elevar a temperatura da água. A vantagem maior será sentida em dias em que a incidência solar esteja limitada por formações de nuvens intensas e até mesmo naqueles dias de baixas temperaturas.
Em algumas instalações que a direção do telhado em relação ao norte e sua respectiva inclinação não sejam favoráveis, recomenda-se a ampliação da área de coletores solares para compensar as possíveis perdas.

Como é realizado o Aquecimento quando está chovendo ou nublado?

Quando a insolação não for suficiente para o Aquecimento da água, o Aquecimento é complementado por um sistema auxiliar elétrico, uma vez que a água já estará pré-aquecida. Esse sistema normalmente fica desligado, devendo ser acionado somente quando realmente necessário.

Onde pode ser usado o aquecedor solar?

É possível instalar e utilizar o aquecedor solar em qualquer lugar que precise de água aquecida.
Podemos citar como exemplos: casas, sítios, fazendas, ranchos, motéis, hotéis, academias, lavandeiras, hospitais, indústrias em geral, empresas em geral.

Como fazer o dimensionamento do meu aquecedor solar?

Usualmente para fazemos o dimensionamento do reservatório térmico seria o cálculo de 100 litros por pessoa. Para os coletores solares planos consideramos 1,5 metro de coletor para cada 100 litros de cada água, caso seja em coletores a vácuo o cálculo para os tubos seria de 20 litros por cada tubo

Reservatório térmico (Boiler) com aço inox 304 ou 316?

Indicamos o reservatório térmico 316 para locais que tenham água agressiva, sendo ela com um ph mais elevado como em sítios, fazendas e regiões litorâneas.

Reservatório térmico baixa pressão ou alta pressão?

Reservatório térmico de baixa pressão é para 5MCA e o reservatório térmico de alta pressão será de 40MCA.

Reservatório térmico pré nível ou desnível?

Sistema Desnível: alimentado com uma ou mais caixas de água, devem estar com seus fundos no mínimo 20 cm acima do nível superior do reservatório térmico e este, no mínimo 10 cm acima do lado superior dos coletores. A altura das caixas de água não deverá exceder a pressão máxima de trabalho do reservatório térmico.
Sistema Pré Nível: deve ser instalado com seu fundo, no mínimo 10 (dez) centímetros acima do lado superior dos coletores solar. O reservatório deve ser limentado por uma caixa d'água, onde o nível da lâmina d'água deve ser superior em 20 (vinte) centímetros da parte superior do reservatório térmico pré nível.

Consigo instalar um aquecedor solar mesmo sem ter tubulação na minha casa?

Sim, para isso a TERMOMAX desenvolveu o sistema acoplado residencial, aonde você precisara de um misturador solar para torneira quente e fria e ele funcionara exclusivamente para o seu sistema de banho.

Posso colocar os coletores a vácuo para aquecer minha piscina?

Não. A Termomax dispõe de uma linha própria para aquecedor solar de piscina chamado Termogold.

Qual a diferença do coletor com tubo inox e de cobre?

Coletor inox indicamos para regiões onde o ph da água é agressivo, como por exemplo as regiões litorâneas, águas de poço, fazendas.

Depois que coloquei o aquecedor solar, a água não sai mais com a mesma intensidade de antes, como resolver isso?

Provavelmente possa ter entrado ar na tubulação fazendo com que a pressão do sistema diminua, abra todas as torneiras que tenha os pontos de consumo para o fluxo de água normalizar, caso isso não ocorra, contate um técnico mais próximo.

O Aquecedor Solar sai com resistência?

Sim, todos os nossos aquecedores vão com a apoio elétrico de fábrica.

O que é o bastão de ânodo (anodo de sacrifício) e quando devo trocá-lo?

O ânodo ou ânodo de sacrifício é uma peça que auxilia na conservação de seu reservatório. Sua função é evitar a corrosão no interior do reservatório térmico, sendo corroído no lugar dele. Verifique o estado do ânodo a cada seis meses e troque-o se estiver corroído.

Tenho que usar os canos de cobre para o aquecedor banho com tubo a vácuo?

Sim, pelo menos no retorno de água quente orientamos que seja colocado tubo de cobre, nas outras partes pode ser colocado cpvc, ppr e tubo pex.

Minha casa está pronta e quero colocar o Aquecedor Solar, preciso quebrar a parede do banheiro?

Não precisa quebrar nada caso não tenha a tubulação passada, o produto ideal para essa aplicação seria o acoplado max vácuo.

Como faço para acionar a garantia do meu sistema de aquecimento solar?

Para acionar a garantia de qualquer produto Termomax, tenha em mãos a sua nota fiscal, fotos e vídeos da instalação, entrando em contato através dos canais de atendimento do SAC ou revendedor autorizado.

Por que usar a capa na piscina?

Para evitar a perda térmica para o ambiente, o que reduz a temperatura da piscina.



Solicitar Garantia

Se você precisa acionar a garantia de seu produto, favor ler o TERMO DE RESPONSABILIDADE e após entrar em contato pelo formulário abaixo.

TERMO DE RESPONSABILIDADE

TERMO
Prezado cliente, é muito importante que antes de abrir a solicitação de Assistência Técnica, SEJA AVALIADO SE O CHAMADO É PROCEDENTE, para isso leia atentamente os itens relacionados abaixo:
O serviço solicitado ainda está na garantia?  Clique aqui aqui para consultar a tabela de Garantias.
Foram realizadas as seguintes ações?

Sintomas Local Causa Ações
Água quente demora a chegar. Pontos de utilização de água quente. Grande volume de água quente acumulada na tubulação. Otimizar o projeto hidráulico de água quente.
Água saindo pelo ladrão. Caixa d`água fria. Comunicação de água fria e quente através da ducha higiênica ou registro de comando único. Colocação de válvula de retenção na tubulação de distribuição de água quente e fria ou substituição da peça.
Vazamentos. Conexões hidráulicas.
Coletores.
Dilatação térmica e/ou falta de veda rosca.
Solda subdimensionada ou mal executada.
Dano por congelamento de água após geada.
Providenciar novo aperto.
Soldar novamente.
Requisitar assistência técnica.
Não sai água. Torneiras.
Chuveiros.
Banheiras.
Registros fechados.
Ar na tubulação.
Entupimento da tubulação provocado por detritos da construção.
Abrir os registros e esperar normalizar o fluxo.
Retirar detritos de construção.
Fechar o registro de alimentação e esvaziar os coletores para saída de bolhas de ar.
Baixo desempenho do sistema: água não está ficando totalmente aquecida. Coletor Solar. Acúmulo de sujeira sobre o vidro dos coletores.
Sobras provocada pela vegetação próxima ou novas edificações.
Inclinação dos coletores fora das normas.
Registros fechados.
Limpar o vidro com água e sabão neutro.
Podar frequentemente a vegetação próxima aos coletores.
Corrigir instalação ou acrescentar coletores.
Verificar posições dos registros.
Ligação hidráulica dos coletores e reservatório. Existência de sifão a tubulação acarretando ar na mesma.
Obstruções diversas nas tubulações do sistema.
Deficiência de altura entre o topo dos coletores e o fundo do reservatório.
Eliminar sifão.
Eliminar obstruções.
Aumentar a altura entre o topo dos coletores e o fundo do reservatório.
Coletores e reservatório.
Sistema como um todo.
Excesso de curvas na interligação entre os coletores e o reservatório.
Consumo acima do previsto no dimensionamento.
Reduzir o número de curvas ou aumentar o diâmetro da tubulação.
Redimensionamento do sistema.
Água não aquecida mesmo quando acionado o sistema auxiliar. Disjuntor de resistência elétrica.
Resistência elétrica.
Termostato da resistência.
Disjuntor desligado.
Resistência elétrica queimada.
Queima ou mau funcionamento do termostato.
Ligar o disjuntor.
Substituir resistência.
Substituir termostato.

Caso seja identificado que o CHAMADO NÃO PROCEDE, ou seja, não é de responsabilidade do FABRICANTE, e o proprietário insista pela realização de vistoria/visitas técnica, o proprietário estará sujeito a arcar com o ônus referente a este chamado.
Quando o chamado é PROCEDENTE, será agendado a vistoria e execução do reparo. Caso o proprietário não comparecer na data e horário agendado, será feito uma segunda tentativa de reagendamento.
Se persistir a ausência, sem aviso prévio, o proprietário ficará a cargo do ônus pela visita.



Anexar a nota fiscal  

Li e aceito os termos de uso.